topo
Home > Artigos > Sem sacrifícios não há santidade

Sem sacrifícios não há santidade

Para chegar à santidade é preciso sacrifício

Para vencer, o atleta precisa treinar, e sua vida requer sacrifícios, renúncias e penitências. Para os cristãos não é diferente. Com Deus não dá para “levar no mais ou menos”. Para alcançar a disciplina imprescindível ao cristão é necessário que haja mortificação, muito sacrifício. Por isso, não podemos interrompê-lo, seja por qual motivo for.

Se os atletas precisam lutar para receber uma coroa ou uma medalha, a luta que você deve travar para receber Jesus tem de ser maior. Agora é a hora de ser cada vez mais radical com si mesmo. Não tenha medo de pôr rédeas em seus costumes e pensamentos. A ideia de “trancar-se” no seu quarto ou no banheiro para que ninguém o veja não pode mais existir.

É preciso ser radical. Deus está ao seu lado. Para ser atleta e subir no pódio da eternidade, para conviver eternamente com Jesus Cristo, você não pode brincar com sua vida. Você precisa ser exigente com si mesmo. Sem disciplina não há progresso espiritual, não há santidade. E a palavra de ordem é: ou santos ou nada!

Seu irmão,
Wellington Jardim (Eto)
Cofundador da Comunidade Canção Nova e administrador da FJPII





Deixe seu comentário!

Nome*:
Email*:
Site:
Mensagem:







Paróquia Santa Rita
Rua Dr. Rafael de Castro, n.º 222 - Santa Rita
Telefone: 73 3263 - 1044
plug21.com