topo
Home > Artigos > Teologia > ORAÇÃO PELOS MORTOS

ORAÇÃO PELOS MORTOS

PERGUNTE E RESPONDEREMOS 554/agosto 2008

Teologia

“Por que rezar pelos falecidos, se desde sempre a Justiça de Deus já selou seu destino eterno? Modificaria Ele o seu veredicto em virtude de nossas súplicas?”

Na verdade, Deus, sendo perfeito, não pode mudar. Ocorre, porém, que, na sua eternidade, ao decretar dar-nos tal e tal graça, incluiu nesse desígnio a colaboração do homem pela oração. Oramos não para “dobrar” Deus segundo a nossa vontade, mas para nos elevar ao plano dos desígnios do Altíssimo. Dizemos sempre, como bons cristãos: “Faça-se a tua vontade assim na terra como no céu” ou com Jesus digamos: “Pai, concede…. mas faça-se a tua vontade e não a minha” (cf. Mc 14, 36). Oremos, pois, pelas almas dos falecidos pois Deus quer nossa colaboração com seu Plano Salvifico.

Notemos que não pedimos a Deus anistia em favor das almas do purgatório. Este não é um cárcere ao qual esteja condenada talou tal alma por anos ou mais. O Purgatório é, sim, um estado no qual a alma repudia radicalmente os resquícios de pecado que nele existam. Com outras palavras: pedimos a Deus que o amor a Deus existente em tal alma se fortaleça para extinguir qualquer amor desregrado.





Deixe seu comentário!

Nome*:
Email*:
Site:
Mensagem:







Paróquia Santa Rita
Rua Dr. Rafael de Castro, n.º 222 - Santa Rita
Telefone: 73 3263 - 1044
plug21.com