topo
Home > Caminhada > Padre deve servir a comunidade com amor, destaca Papa

Padre deve servir a comunidade com amor, destaca Papa

Francisco explicou que o ministério vindo com a Ordem é um serviço à comunidade a ser realizado com amor, do contrário não serve

Na catequese desta quarta-feira, 26, Papa Francisco refletiu sobre o sacramento da Ordem. Ele destacou três características do ministério de padres, bispos e diáconos: servir com amor, ser apaixonado pela Igreja e alimentar esse ministério com a oração, a Palavra de Deus e os sacramentos da Eucaristia e da Penitência.

Francisco explicou que a Ordem é o sacramento que habilita ao exercício do ministério, confiado por Jesus, de apascentar o seu rebanho, o que deve ser feito não com a força humana, mas com o poder do Espírito. “O sacerdote, o bispo, o diácono devem apascentar o rebanho do Senhor com amor. Se não o fazem com amor, não serve”.

Aqueles que são ordenados são considerados líderes da comunidade, disse o Papa. Porém, ele ressaltou que, para Jesus, isso significa colocar a própria autoridade a serviço, como Ele mesmo mostrou e ensinou aos Seus discípulos.

“Um bispo que não está a serviço da comunidade não faz bem. Um sacerdote, um padre, que não está a serviço de sua comunidade não faz bem. Está errado”.

Além de se colocar a serviço, os que recebem o sacramento da Ordem precisam ter um amor apaixonado pela Igreja, conforme explicou o Santo Padre. A partir da força da Ordem, o ministro deve dedicar-se inteiramente à própria comunidade e a amar com todo o coração, como Cristo ama a Igreja.

Um último aspecto destacado por Francisco sobre a Ordem foi a necessidade de alimentar o ministério exercido a partir desse sacramento. Isso deve ser feito por meio de orações, da escuta da Palavra de Deus, celebrando cotidianamente a Eucaristia e também com o Sacramento da Penitência.

Segundo o Pontífice, quando isso não acontece, o bispo ou o padre acaba perdendo de vista o sentido autêntico do próprio serviço e a alegria que vem da comunhão com Jesus. “[...] a longo prazo, perdem a união com Jesus e se tornam uma mediocridade que não faz
bem à Igreja”, disse o Papa, que acrescentou a necessidade de rezar pelo ministério de bispos e padres.

Concluindo suas reflexões, Francisco falou o que deve ser feito para se tornar sacerdote, destacando que esta é uma iniciativa que parte de Deus.

“A vontade de se tornar sacerdote, de servir os outros nas coisas que vêm de Deus. A vontade de estar por toda a vida a serviço para catequizar, batizar, perdoar, celebrar a Eucaristia, cuidar dos doentes…mas, toda a vida assim! Se alguém de vocês sentiu isso no coração, foi Jesus que colocou isso aí! Cuidem desse convite e rezem para que isso cresça e dê fruto em toda a Igreja”.





Deixe seu comentário!

Nome*:
Email*:
Site:
Mensagem:







Paróquia Santa Rita
Rua Dr. Rafael de Castro, n.º 222 - Santa Rita
Telefone: 73 3263 - 1044
plug21.com