topo
Home > Notícias > Amizade, caminho para a vida espiritual

Amizade, caminho para a vida espiritual

A amizade é um belíssimo dom de Deus. O Senhor quis colocar no coração do homem a necessidade de ter amigos e, mais do que isso, quis estabelecer desde o princípio, um laço de amizade com a humanidade: “Iahweh, então, falava com Moisés face a face, como um homem fala com seu amigo” (Ex 33, 1).

Podemos descobrir num amigo, não só o auxílio em momentos difíceis ou uma companhia para nos alegrar, mas um verdadeiro tesouro:
“Um amigo fiel é uma poderosa proteção: quem o achou descobriu um tesouro. Nada é comparável a um amigo fiel; o ouro e a prata não merecem ser postos em paralelo com a sinceridade da sua fé. Um amigo fiel é remédio de vida e imortalidade; quem teme o Senhor achará esse amigo. Quem teme o Senhor terá também uma excelente amizade, pois o seu amigo lhe será semelhante” (Eclo 6, 14ss).
Muitas vezes, o que o pai ou a mãe não conseguem fazer por nós, um amigo pode fazê-lo. Ele atinge o nosso coração e chega àquele lugar onde ninguém consegue ir. A amizade é o verdadeiro fundamento da vida fraterna. Quem nos mostra essa necessidade do coração é o próprio Jesus. Na amizade renovamos o sentido da vida em Deus e do amor aos homens: amar até dar a vida! Dar a vida por eles completamente: “Ninguém tem maior amor do que aquele que dá a vida por seus amigos” (Jo 15, 9-13).
E o próprio Jesus nos ensina o valor profundo de uma amizade, dando sua vida por nós na cruz. “Eu vos chamo amigos, porque tudo o que ouvi de meu Pai vos dei a conhecer” (Jo 15, 15).
Ter um amigo é receber uma grande missão que podemos encontrar, de forma muito particular, na vida comunitária. Ninguém procuraria uma comunidade religiosa se não tivesse certeza de que encontraria, na convivência com aqueles que ali habitam, o espírito e a ternura de uma família.
A vida comunitária nos impele, a todo momento, na escolha diária e na renúncia. Somos chamados a ser amigos de todos e, mesmo que isso seja difícil, devemos acolher a todos com o mesmo amor, e desta forma, temos a oportunidade de formar-nos na escola do amor: “Amar em si é uma escola, e a vida comunitária é esse lugar onde melhor se exercita e se aprende a amar” (João Paulo II). É o verdadeiro lugar do “perdão e da festa”, e a amizade também nos permite viver essa experiência de forma íntima e profunda.
Quando somos capazes de superar barreiras como o ciúme e a disputa; quando descobrimos que esses sentimentos estão em nós, mas não nos pertencem; quando abrimos mais os braços para abraçar do que para sermos abraçados, ajudamos mais do que somos ajudados, amamos mais do que somos amados, caminhamos então, para uma verdadeira experiência de amizade pura e desinteressada, onde o outro é amado em razão dele mesmo, e não em razão de nossas carências e interesses.
Podemos encontrar a verdadeira amizade num amigo de infância, na própria experiência de família com nossos pais e parentes, na direção espiritual, num irmão de caminhada e, assim, dar grandes passos na vida espiritual através dessa experiência.
A boa amizade nos faz melhores, nos ajuda a enfrentar as situações difíceis da vida e a não desperdiçar as oportunidades, porém ninguém saberá o que é ter um amigo se, antes disso, não compreender que é preciso ser amigo.
Leandro Rafael
Comunidade Aliança de Misericórdia






Deixe seu comentário!

Nome*:
Email*:
Site:
Mensagem:







Paróquia Santa Rita
Rua Dr. Rafael de Castro, n.º 222 - Santa Rita
Telefone: 73 3263 - 1044
plug21.com